Literatura Negra e Outras Revoluções

Francisco Monteiro

Sobre o curso

A proposta do curso é a de fazer, ao mesmo tempo, uma apresentação panorâmica e introdutória, caracterizar as literaturas negra, negrista e afro-brasileira, mostrando também uma visão geral de seus movimentos, autores, coletivos e obras relevantes.
Para tanto, discutiremos e problematizaremos, os conteúdos constantes desta literatura como escravização, racismo, reificação e opressão; os seus significados e modos: confrontação, dualismo, identitarismo, liberação; e seus aspectos de estilo e realização literária: oralidade, ritmo, corporeidade e reescritura.
Os conteúdos, modos e estilos são abordados e costurados com conceitos essenciais como os de negritude e escrivência, mas a clave do curso não é teórica e sim baseada na contextualização de movimentos e coletivos e na exemplificação e leitura de autores e obras.

Programa:
• Origens e imagens do negro na literatura;
• De sujeitado a sujeito: histórias negras e estórias de negros;
• Diferenças e perspectivas: literatura negra, negrista, afro-brasileira;
• Humor negro: Machado de Assis, Lima Barreto, Nelson Sargento
• Escrevivências: identificações, gêneros e violências
• Poesia revoltada: o amor e outras revoluções
• Dos griôs ao samba, funk, slam e rap

Bibliografia
(ORG.), É. S. Amor e outras revoluções: antologia poética. Rio de Janeiro: Malê, 2019.
BASTIDE, R. A poesia afro-brasileira. São Paulo: Livraria Martins Fontes, 1943.
BERND, Z. Introdução à Literatura Negra. São Paulo: Brasiliense, 1988.
CÉSAIRE, A. The complete poetry of Aimé Césaire. Tradução de A. James Arnold e Clayton Eshleman. Middletown, CT: Wesleyan University Press, 2017.
EVARISTO, C. Olhos d'água. Rio de Janeiro: Pallas, 2020.
GONÇALVES, A. M. Um defeito de cor. Rio de Janeiro; São Paulo: Record, 2009.
GONZÁLEZ, J. L.; MANSOUR, M. Poesía negra de América. México D.F.: Ediciones Era, S. A., 1976.
GUILLÉN, N. Lagarto verde. Tradução de Francisco César Manhães Monteiro. Rio de Janeiro: Leviatã, 1992.
HUGHES, L. The Translations: Federico García Lorca, Nicolás Guillén, and Jacques Roumain. Columbia; Londres: Universityof Missouri Press, 2001.
MACIEL, F. O primeiro dia do ano da peste. São Paulo: Estação Liberdade, 2001.
MARTINS, G. O sol na cabeça. São Paulo: Companhia da Letras, 2018.
OCHOA, A. F. Lá fora cresce um mundo. Tradução de Francisco César Manhães Monteiro. Rio de Janeiro: Papéis Selvagens, 2018.
OLIVELLA, M. Z. Changó el gran putas. Bogotá: Ministerio de Cultura, 2010.
RICARDO, C. Martim Cererê. Rio de Janeiro: José Olympio, 2003.
RODRIGUES, C.; MAIA, A. 100 anos de poesia: Um panorama da poesia brasileira no século XX. Rio de Janeiro: O Verso Edições, v. I e II, 2001.
SOUZA, F.; LIMA, M. N. Literatura afro-brasileira. Salvador; Brasília: Centro de Estudos Afro-Orientais; Fundação Cultural Palmares, 2006.

Orientador

Francisco Monteiro

Francisco César Manhães Monteiro é tradutor, professor e escritor do Rio de Janeiro, Brasil. Traduziu mais de 50 livros, nos últimos trinta anos, principalmente em literatura, ciências humanas e história, e publica regularmente textos próprios e traduzidos em periódicos. Traduziu os poetas Nicolás Guillén, Álvaro Mutis e Miguel Hernández para o português, e o poeta moçambicano Francisco Guita Júnior para o espanhol. A editora brasileira Papéis Selvagens publicou em 2018 sua tradução do romance Afuera crece un mundo, de Adelaida Ochoa, vencedor do prêmio Casa de las Américas de 2015. É doutor em Estudos Literários Neolatinos pela UFRJ; foi professor de Teoria da Tradução também na Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Publicou seu livro de poemas, Punhal Inútil, em 2016. Atualmente, trabalhando nas traduções de He visto la noche e Changó el gran putas do escritor colombiano Manuel Zapata Olivella.

25, 27 e 29/01

16h30 às 18h30

Frequência

3 dias

Carga horária

6h

Valor

R$ 200,00

Inscrições e pagamento

Para se inscrever preencha o formulário ao lado com seus dados e escreva qual é o curso desejado.

 

O Pagamento da 1ª parcela  deverá ser feito por depósito bancário e o comprovante  enviado por e-mail (iel@estacaodasletras.com.br) ou por WhatsApp (21 99127-4088).

Dados bancários:
Banco Itaú
AG: 0271
C/C: 06491-7
Razão social: Escreviver LTDA.
CNPJ: 04450523/0001-90

Descontos

Professores e universitários têm 30% de desconto na maioria dos cursos. Os descontos não são acumulativos.

Certificados

Serão fornecidos certificados aos participantes que obtiverem 75% de presença.

Política de cancelamento

Por parte dos alunos:

– Até 7 dias antes do início do curso – reembolso integral.
– Menos de 7 dias antes do início do curso – não há restituição. A inscrição poderá ser transferida para outra pessoa ou para outro curso à escolha do aluno.

Por parte da Estação das Letras:

O curso poderá ser cancelado caso não haja o número mínimo de inscrições ou por motivo de força maior; em tais casos, os valores pagos serão restituídos integralmente e o aluno será informado no mínimo 48 horas antes da data programada para início do curso.

– O curso já iniciado só será cancelado por motivos alheios a nossa vontade.

Entre em contato

Tel/Whatsapp: (21) 99127-4088

email: iel@estacaodasletras.com.br

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

© Agência Kio 2020   |    Instituto Estação das Letras    |    Todos os direitos reservados