Mergulho no conto

Luís Roberto Amabile

Sobre o curso

O curso aborda questões de composição de contos. Além de proporcionar um panorama do gênero, aborda três elementos com maior ênfase: o personagem, o ambiente e o diálogo. Discute textos exemplares de autores como Lygia Fagundes Telles, Luiz Vilela, Vilma Âreas, Sérgio Sant´Anna, Mariana Enriquez, Juan Rulfo, Maria Fernanda Ampuero, entre outros. Engloba também propostas de criação e discussão de textos dos participantes. Desse modo, busca-se aprimorar a compreensão e o domínio dos recursos responsáveis pelos efeitos estéticos de um conto bem realizado.



Cronograma dos encontros

1. Panorama do conto.

2. O personagem.

3. O ambiente.

4. O diálogo.



Bibliografia (os textos usados em aula serão disponibilizados pelo professor)

AIRA, César. Pequeno manual de procedimentos. Tradução de Eduard Marquardt. Curitiba: Arte e Letra, 2007.

AMPUERO, Maria Fernanda. Rinha de galos. Tradução de Silvia Massimini Felix. Belo Horizonte: Moinhos, 2021.

ÂREAS, Vilma. Vento sul. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

BITTENCOURT, Gilda Neves. Retratos do conto. Curitiba: Appris, 2019.

ENRIQUEZ, Mariana. As coisas que perdemos no fogo. Tradução de José Geraldo Couto. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2017.

MORICONI, Italo. Os cem melhores contos brasileiros do século. São Paulo: Objetiva. 2009.

PIGLIA, Ricardo. Formas breves. José Marcos Mariani de Macedo. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

PROSE, Francine. Para ler como um escritor. Tradução de Maria Luiza X. de A. Borges. Rio: de Janeiro: Jorge Zahar, 2008.

RULFO, Juan, O galo de ouro e outros textos dispersos. Tradução de Sofia Castro Rodrigues, Virgílio Tenreiro Viseu. Lisboa: Cavalo de Ferro, 2005. SANT'ANNA, Sérgio. O Concerto de João Gilberto no Rio de Janeiro. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

TCHEKHOV, Anton. A dama do cachorrinho e outras histórias. Tradução de Tradução e prefácio de Maria Aparecida Botelho Pereira Soares. Porto Alegre: L&PM: 2014.

TELLES, Lygia Fagundes. Os contos. São Paulo: Companhia das Letras, 2018.

VILELA, Luiz. Tremor de Terra. São Paulo: Ática, 1978

joao e suzana.png

Orientador

Luís Roberto Amabile

Luís Roberto Amabile é escritor e professor da Escola de Humanidades da PUCRS, doutor em Teoria da Literatura (2017) e em Escrita Criativa (2020). Colaborou com Luiz Antonio de Assis Brasil em Escrever ficção (2019). É autor, entre outros, dos livros de contos O amor é um lugar estranho (2012, finalista do Prêmio Açorianos), O livro dos cachorros (2015, vencedor da chamada para publicação do IEL/RS) e O lado que não era visível para quem estava na estrada (2020, vencedor do Prêmio Minuano).

Dias 13, 15, 20 e 22/07

Frequência

Quartas e sextas-feiras

Carga horária

8 horas

Valor

3x R$ 120,00 no cartão de crédito ou à vista com 5% de desconto

De 19h a 21h

Inscrições e pagamento

Para inscrever-se preencha o formulário ao lado informado o curso desejado ou entre em contato:
E-mail: iel@estacaodasletras.com.br
Tel/Whatsapp: (21) 99127-4088

Horário de atendimento:
Segunda à sexta-feira, de 14h às 20h.

Formas de pagamento: Transferência bancária, PIX, Paypal, Cartão de crédito

Matrículas sujeitas à disponibilidade de vagas.

Obrigado pelo envio!

Certificados

Serão fornecidos certificados aos participantes que obtiverem 75% de presença.

Descontos

Professores das redes pública de ensino, estaduais e municipais, de todo país, tem direito a 10% de desconto neste curso, mediante comprovação de vínculo empregatício ativo.

Política de cancelamento

Por parte dos alunos:

– Até 7 dias antes do início do curso – reembolso integral.

– Menos de 7 dias antes do início do curso – não há restituição. A inscrição poderá ser transferida para outra pessoa.

Por parte da Estação das Letras:

O curso poderá ser cancelado caso não haja o número mínimo de inscrições ou por motivo de força maior; em tais casos, os valores pagos serão restituídos integralmente e o aluno será informado no mínimo 48 horas antes da data programada para início do curso.

– O curso já iniciado só será cancelado por motivos alheios a nossa vontade.